Video da Semana

Ultimo vídeo

Capoeira Figth 3

Ile de Bamba PG

Loading...

Face

Tecnologia do Blogger.

Chat Ile

domingo, 13 de julho de 2014

Frases e ditos de Mestres e professores


"Disse Mestre Bimba: a capoeira e para todos mas nem todos são para capoeira"

"A capoeira é um desafio para o corpo"

"A mão de quem dá um flor fica mais perfumada do que a de quem recebe."

" Mestre de capoeira que se julga mestre de capoeira tem o dever e a obrigação de saber "jogar" e nao "quebrar" a capoeira."

" Se tu tens problema em casa não venha resolver aqui. Capoeira mudou muito e hoje tem o seu valor, é o tempo que faz mestre não é diploma que comprou..."

" Para falar a verdade, tem muito gente que gosta de dar porrada por que eles não tem a técnica para brincar e ganhar sem machucar."

"...na vida como na roda, é preciso gingar sempre..."

Mestre Pastinha: "O berimbau é alma da capoeira".

Mestre Pastinha: "Seu princípio não tem método, Seu fim é inconcebível ao mais sábio dos Mestres"

Mestre Pastinha: "Capoeira e "TUDO" que a boca come... diz o grande Pastinha... Capoeira só é a Capoeira quando não se rotula..."

Mestre Moraes: "Capoeira é um diálogo de corpos, eu venço quando o meu parceiro não tem mais respostas para as minhas perguntas"

Mestre Moraes: "Nossos Movimentos não tem pressa de chegar mas, quando chegam, é de forma harmoniosa"

Mestre Pastinha: "...capoeira é muito mais que uma luta, capoeira é ritmo, é música, é malandragem, é poesia, é um jogo, é religião ..."

Mestre Pastinha dizia: "Capoeirista não é aquele que sabe movimentar o corpo, e sim aquele que se deixa movimentar pela alma".

Mestre Pastinha: "Pastinha conhecia a capoeira, sabia como era importante continuar aquela cultura, aconselhava que era preciso ter calma no jogo "quando mais calma melhor pró capoerista",

Já dizia o Mestre Pastinha: "Quando dois camaradas estão se exibindo na Roda, é uma demonstração, sem rivalidade, pois o público não quer ver sangue, e sim evoluções; o capoeira deve ser calmo, tranqüilo e calculista!!"

Mestre Pastinha: " Ninguém joga igual a mim, cada um joga do seu jeito"

Mestre Pastinha: "Capoeira e tudo que a boca come"

Mestre Pastinha falava: "quando eu jogo até pensam que o velho está bêbado, porque eu fico mole e desengonçado, parecendo que vou cair. Mas, ninguém ainda me botou no chão , e ainda nem vai botar ".

Mestre Pastinha : "Menino, preste atenção no que eu vou te dizer: O que eu faço brincando, você não faz nem zangado, Não seja vaidoso, e nem despeitado, Na Roda da Capoeira, háhá... Pastinha já tá classificado..."

Traços de Mestre Pastinha: "Mandinga de escravo em ânsia de liberdade" "Capoeira foi para homem, menino, velho e até mulher não aprende quem não quer" "Cada um é cada um" "O negócio é aproveitar os gestos livres e próprios de cada qual" "Berimbau é primitivo mestre da vibração e ginga ao corpo da gente" "Sou discípulo que aprende um mestre que da lição"

Mestre Pastinha explicando a Chamada: "A chamada é uma filosofia do angoleiro, é a malícia do angoleiro. Por que hoje a humanidade se preocupa muito em ficar forte, em fazer artes marciais, em ficar atleta para jogar capoeira. A capoeira não depende disso , a capoeira depende da técnica , malícia e sagacidade. Quando o camarada tá muito brabo dentro da roda, quer bater , quer pisar, eu chamo ele. Ele vai entender do jeito que souber pois a violência do angoleiro não está em dar rasteira, nem pontapé, nem murro. A malícia do angoleiro está realmente nas chamadas."

Mestre Curió explicando a Mandinga: "Existem muitas partes da mandinga, existem a mandinga da magia negra e a mandinga da malícia do capoerista, quando ele se diz realmente capoerista . Mandinga é isso, é sagacidade, é voc6e poder bater no adversário e não bater , você mostra que não bateu porque não quiz."

O "Mestre Decânio", aluno graduado de Mestre Bimba diz que: "Não podemos esquecer, nem nos afastarmos, dos TRÊS "ERRES" DA CAPOEIRA! Capoeira é uma palavra estranha, que se escreve com um "rê" suave e se pratica com três "erres" fortes: O primeiro é o RITMO, o segundo o RITUAL, o terceiro RESPEITO, sem os quais não se joga Capoeira!"

Mestre Zulu - Brasília: "A Capoeira não é uma proposta de regulação do homem em relação ao sentido da vida e da transcendência humana, a ação é livre para o criar ou recriar sem, no entanto, buscar solucionar as conclusões em suas causas primárias, e assim a capoeira assume o caráter de arte".

Mestre Aristides - Salvador: "A Capoeira pode ser usada também como dança nas exibições folclóricas, em peças teatrais ou em rodas de apresentações. Presta-se, também, como terapia retirando das pessoas o medo, timidez, a agressividade, etc. Hoje também, é utilizada como instrumento de educação..."

Carlos Senna – Salvador: "...torna-se a CAPOEIRA como esporte - luta o grande processo na educação da mente e do corpo do HOMEM brasileiro, que exercitado psicologicamente nos princípios espirituais da CAPOEIRA, de um modo geral, tornar-se-á um ELO mais significativo na estrutura da amálgama filosofia do nosso povo."